Chorando sangue…

23 abr

Série: House
Episódio: #17 – We Need The Eggs
Temporada: 8ª
Exibido em: 16/04/2012
Canal de Exibição: Fox
Spoilers: Sim
Estrelas: 1,5 em 5 (só pela falta de vergonha na cara)

Estava envergonhada pelo meu atraso na review de House, só que após assistir “We need the eggs”, percebi que se os caras não estão levando nada a sério, por que eu deveria?

Faltando poucos episódios para o final da temporada, House peca mais uma vez em forçar um caso ao máximo do absurdo para que ele acompanhe a cabeça maluca do médico ranzinza.

Um homem começa a chorar sangue é internado. A equipe dos casos extraordinários passa por 700 argumentos e diagnósticos errados até Adams procurar a namorada misteriosa do paciente. Quem diria que o relacionamento do cara era com uma boneca inflável de sete mil dólares? O pior foi descobrir no final que foi a ex-namorada que causou a doença e não o templo de bactérias de plástico. Não vou nem comentar a “cirurgia” na boneca para ver se ela tinha um possível “tumor”.

Enquanto isso, House, que está atrás do recorde de imbecilidade, começa a fazer um processo de recrutamento para substituir a prostituta periódica que recebe em casa. Como não consegue encontrar uma substituta à altura da morena, resolve destruir o casório dela com a ajuda de Dominika, também prostituta e esposa de mentirinha do médico até receber o visto de permanência na terra do tio Sam. O mais absurdo dessa história é que a melhor cena do episódio saiu de House apontando os problemas de relacionamento que cada integrante da equipe possue, ao mesmo tempo em que está tentando destruir o pseudo-casório da “acompanhante”.  A questão não é deixar de perceber a ironia, e sim ela ser tão mal trabalhada.

O enredo todo é desenvolvido para que no final Adams dê uma nova chance aos encontros (e tome bota de Chase), o paciente continue satisfeito com a boneca, House perceba que talvez goste de Dominika e Park prove que pode até namorar o nerds bonitinho, mas não sabe cantar.  Em Juno, esse efeito brilhou. Já em House foi desesperador esperar que a música terminasse!

Não, esse texto não foi uma grande piada. Tudo isso aconteceu nos 40 minutos dessa semana. Hoje outro episódio vai ao ar e não quero nem criar expectativas para ele. Confira a promo:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: