Aquele das genialidades

29 mar

Série: Once Upon a Time
Episódio: #17 –  Hat Trick
Temporada: 1ª
Canal de Exibição: ABC
Spoilers: é
Estrelas: 0,5 (pelo descaramento) em 5

Em um episódio digno de filme de suspense com baixo orçamento, Once Upon a Time misturou ainda mais realidade e ficção. A caminho do fim da primeira temporada, os universos da série começam a se conectar, chamando a atenção da xerife para tudo aquilo que sempre esteve na fuça dela – o livro de Henry.

E nada como estragar ainda mais o confuso roteiro da série inserindo/fazendo brotar/ trazendo a tona o estranhíssimo Chapeleiro Maluco da bizarra história de Alice no País das Maravilhas, só que em cromaqui. Alô, fuleragê.

Daí que inventaram uma história maluca de um homem x até-então-nunca-visto, o que geralmente acontece na série, e durante um episódio inteiro ele se torna o grande vilão esquizofrênico de Once Upon a Time. Emma, perdidona na floresta com o sumiço da fujona Mary Margaret, quase atropela o moçoilo-chapeleiro na estrada de terra que leva nada a lugar nenhum. Algo de suspeito? NÃO, só um bondoso-galã-curto-frio dando uma voltinha pela neblina na floresta.

Após o pseudo-acidente, ele finge estar manco, ela finge ser legal e dá uma carona até a casa do gatinho e acaba desmaiada no sofá dele porque tomou um chá maluco na mansão do desconhecido porque OLHA ele mora numa mansão que eu nunca vi na cidade e OLHA tem um telescópio aqui apontado para a delegacia. Enquanto Emma está lá desmaiada, temos o vislumbre do que era a vida do chapeleiro antes de Storybrook. E eis que a imaginação dos roteiristas só chegou até um chapéu-portal que leva ao País das Maravilhas onde a Rainha Má foi buscar um bauzinho de seu falecido pai Henry que estava com a Rainha de Copas e então ela coloca um tequinho de cogumelo no bauzinho lá dentro e PUFT aparece pai vivo da rainha. Se era um bauzinho com o coração do morto, tática usurpada da Rainha Má e que pode levantar suspeitas sobre a relação entre a monarquia, ou se era uma miniatura de pai da Rainha que ficou grande com o cogumelo de Wonderland que faz crescer, dá pra saber não.

Enfim, precisa?

História vai, bizarrice vem, Emma encontra a fujona Mary Margaret AMORDAÇADA E AMARRADA NA MANSÃO DO PLAYBOY MALUCO.

Parei por aqui.

Importante de fato: o episódio termina com Mr. Gold, o atual advogado de Mary Margaret, num papo sério com Regina. Os dois estão do mesmo lado. A tal chave que fez Mary fugir da prisão foi plantada ali pelos vilões-de-verdade, esperando que isso acontecesse, mas que ela não voltasse mais. CLIMÃO.

Outro genial episódio de Once Upon a Time. Só que não.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: