Every Breath Is a Bomb

12 mar

Série: One Tree Hill
Episódio: #09 – “Every Breath Is a Bomb”
Temporada: 9ª
Exibido em: 07/03/2012
Canal de Exibição: CW
Spoilers: Sim
Estrelas: 4 em 5

As respirações sem dúvida ficaram um pouco mais difíceis de sair após o episódio de One Tree Hill da semana passada: “Every Breath Is a Bomb”. Isso porque todo o drama envolvendo o sequestro de Nathan vem causando certo mal estar na vida dos personagens. E não bastasse o problema maior vivido por Haley e Dan, cada personagem ainda encontra seu próprio inferno astral. Ou seja, é um sofrimento eterno.

Nesta semana Haley, contra a própria vontade, se juntou a Dan para tentar solucionar o paradeiro do marido. Dan encontra um traficante que provavelmente conhece o sequestrador de Nathan. Haley seduz o traficante para que Dan possa capturá-lo. A cena em que Haley vai até o bar vestida igual a uma prostituta é ao mesmo tempo em que tensa, sensacional. Isso porque Haley sabe que o traficante pode saber informações sobre Nathan, e por mais que seu desejo seja arrancar as entranhas dele com as próprias mãos, tenta manter o sangue frio e continuar com a encenação. O momento em que ela finalmente bateu nele foi digna de aplausos.

Enquanto isso, Brooke ainda enfrenta o passado com Xavier solto pelas ruas. Ele começa a trabalhar no café concorrente que fica em frente ao Karen’s Café. Brooke não se sente segura, afinal depois de tudo o que ela passou com ele, quem é que se sentiria? E indignada começa a fazer de tudo para que ele volte para a cadeia.

Chase vai à corte para ser julgado por agredir o pai de Chuck. Chuck mente para a policia dizendo que o pai nunca bateu nele, e Chase leva a fama de maluco. Chris tenta convencer Chuck a voltar atrás e dizer a verdade.

Um episódio sem dúvida muito bem construído pelas boas mãos do Mark. Tenso, frio, com ótimas atuações e uma trilha sonora de tirar o fôlego. Mark expõe os personagens a situações de extremo estresse emocional para arrancar o máximo deles. Acredito que deva ser cansativo para os atores.

Situações que você tenta se colocar no lugar e pensar: “O que eu faria?” Será que enfrentaríamos o passado sem nos preocupar com as consequências, como a Brooke vem fazendo com Xavier. Será que teríamos o sangue frio de seduzir uma pessoa sem caráter que pode estar envolvida no desparecimento de um ente querido? Será que enfrentaríamos os fantasmas de uma criança que nem é nossa?

São situações bastante interessantes, que nos levam certa reflexão. Será que não estamos expostos a isso todos os dias e simplesmente optamos por não enxergar?

Enquanto a série se encaminha para a etapa final. Nós aguardamos ansiosamente para saber qual será o desfecho de cada personagem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: