Sobre facas e cadeiras

5 mar

Série: Criminal Minds
Episódio: #16 – Family Affair
Temporada: 7ª
Exibido em: 29 /02/2012
Canal de Exibição: CBS
Spoilers: Sim
Estrelas: 2, chorando, em 5

O último episódio de Criminal Minds, exibido pela CBS no último dia 29, traz à tona um assunto complicado de lidar dentro de um enredo de serial killers: o assassino na cadeira de rodas.

Até onde me lembro, esse é o segundo episódio (dentro das sete temporadas) que coloca em discussão um assassino com essa deficiência e, sinceramente, não me convence.

Vamos ao caso.

A trama, que vem com o nome de Family Affair conta a história de uma família (mãe, pai e filho) que sofreram um acidente de carro uns anos antes. No acidente, o filho Jefrrey Collins (interpretado por Derek Magyar)  fica paraplégico e entra em depressão. Em algum momento da adolescência (já preso na cadeira de rodas) o menino assassina uma garota na escola e isso, de alguma forma, o anima um pouco  (QQQQQQQ?!)

Quando os pais notam que um assassinato faz o dia do filho melhor, voilá, eles começam a trazer prostitutas para dentro de casa, numa espécie de terapia pra lá de bizarra. Nessa rotina, o pai alcóolatra e a mãe que toma remédio antipsicótico são complacentes à natureza assassina do filhote.

Acho que a discussão que o enredo quer trazer para o telespectador é questão da educação e complacência dos pais com um filho. A justificativa para a negligência com o parente criminoso, neste caso, vem do remorso que eles sentem por ter sido responsáveis pelo acidente que limitou a mobilidade do rapaz.

À parte isso, a série começa com um “anteriormente em Criminal Minds”, toda vez que isso acontece a gente sempre anima, porque significa que algum pano de fundo começa a se amarrar na série. Nesse caso, só enrolação.

O diretor do episódio, Rob Spera, apenas conta um pouco da relação do agente Aron Hotchner (Thomas Gibson), com Beth (Bellamy Younga) que aparece como uma nova namorada do agente.

Além disso, as belas agentes JJ (A.J. Cook), Prentiss (Paget Brewster) e Garcia (Kirsten Vangsness) vão à uma aula de salsa e tomam um super porre.

Derek Morgan (Shemar Moore)? Nem vi.

Obs: Entramos agora numa leve pausa da série, que retoma na quarta-feira, dia 14 de março, com o “I Love You, Tommy Brow”, que contará a história de uma série de casais que tem filhos adotados. Ah, e parece que a Garcia será pedida em casamento.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: