No caminho certo

22 fev

Série: Glee
Episódio: #14 – “On My Way”
Temporada: 3ª
Exibido em: 21/02/2012
Canal de Exibição: Fox
Spoilers: Sim
Estrelas: 4 em 5

Já fui muito aloprada por gostar de Glee, por vários motivos. Alguns eu concordo e outros nem presto atenção. A verdade é que são episódios como o de hoje que me fazem acreditar na série e continuar fiel a ela. Tratando mais uma vez de temas complicados, com aquele humor e absurdo característicos de Glee, os roteiristas acertaram no roteiro o que erraram na escolha das músicas.

O episódio trouxe as Regionals, o casamento entre Finn e Rachel e uma história envolvendo Karofsky e suicídio. Sei que muita gente vai torcer o nariz para essa última parte, alguns dizendo que Glee é comédia e está saindo da proposta, outros que a série não sustenta esse tipo de drama. Bem, discordo. Com certeza o tema não é trabalhado tão profundamente quanto seria em um drama, mas pelas ferramentas que Glee possui e o público que acompanha, foi muito bem trabalhado.

A cena inteira de Cough Syrup é ótima, inovadora na série e muito bem sustentada por Max Adler. Karofsky sentiu o bullying que ele mesmo aplicou, mas não agüentou na própria pele. Foi surpreendente ver quanto trabalharam no choque da cena. E digo sem qualquer dúvida que a música que embalou esse momento foi uma das melhores escolhas de Glee desde sua estréia em 2009. Até o tempo dela mexe com as sensações de quem está assistindo.

A tentativa de suicídio de Karo guiou o restante do episódio, e aqui está a grande diferença de Glee para um drama (e há quem prefira ou não). Ao invés de trabalhar só na choradeira ou nas discussões de motivos e consequências, a série parte para o caminho de “a vida é curta, então aproveite enquanto pode”.  A mensagem vai falar de expectativas, do futuro. E vai, claro, transformar vilões em bons moços e adiantar casórios. Porque é Glee!

Pausa aqui para comentar a cena de Mr. Schue e a terapia em grupo com o coral. No começo da cena achei muito forçado colocarem o Will na posição de alguém que passou por uma situação parecida com a do Karo com uma história tão besta, só que minutos depois senti um tapa verbal e era como se fizesse parte daquela roda, aos 17 anos percebendo que cada um carrega o um ponto fraco e a expectativa para o futuro. Glee aborda muito bem os dramas homossexuais, pois a série está sempre tentando equipará-los com o restante de complicações que os personagens passam. Ele dá o devido espaço e análise em diálogos entre Quinn e Kurt, mas depois banaliza o assunto com cenas como essa da roda. Posso estar errada, mas me essa ‘normalidade’ é ótima.

As Regionals deixaram a desejar. As músicas mais uma vez não ficaram nem perto do que pudemos acompanhar na competição durante a primeira temporada. Na verdade, ficaram muito ruins. Apesar disso, ND ganhou e começaremos desde já uma oração para que as escolhas das Nationals sejam melhores.

O tema do casamento entre Rachel e Finn estava carregado de ansiedade, mas também trouxe alívio cômico para o episódio. Destaco a participação de Jeff e Brian novamente como os pais da Rachel e mantenho meu apelo para que eles apareçam mais daqui em diante. Os dois são hilários! Também achei uma graça as cenas entre o casal adolescente, desde ele vendo-a de noiva até o ‘fazer as pazes’ depois da discussão sobre a foto mal photoshopada. Ainda acho esse casamento absurdo, mas assumo que sou fã do casal e não nego o desenvolvimento do relacionamento entre os dois.

Quinn ficou um bom tempo entre os trending tópicos mundiais do Twitter. Ainda estou incerta sobre o final dela sofrendo o acidente. Acho que a personagem já se esgotou de drama e estava em uma boa fase. Poderia ser poupada de mais uma posição catastrófica novamente. Esses dramas lição de moral em Glee às vezes cansam, só serviu mesmo para agradar a Oprah.

Também estou na dúvida dessa gravidez da Sue, torço muito mais por ela como vilã. Esse conto de fadas de Glee em que todo mundo em determinado momento fica “do bem” nos faz perder bons personagens, como o ácido Sebastian.

Enfim, cenas marcantes, desenvolvimento de histórias e um cliffhanger que deixará todos curiosos durante 7 semanas. Sim, Glee entra em hiatus e só retorna em abril, seguindo com o acidente de Quinn, o casamento entre Finn e Rachel e um possível episódio tributo aos Bee Gees.

Mesmo com as críticas nos detalhes, é um alívio chegar ao episódio 14 tão satisfeita com a série. Depois de uma segunda temporada complicada, ainda há muito o que acertar, mas estamos caminhando para isso. Ainda não posso dizer o contrário…

OBS: Qualquer semelhança entre a imagem aqui postada e uma excelente comédia hollywoodiana não é mera coincidência. Qualquer problema com direitos autorais, entrar em contato com Lea Michele, que postou isso só para matar um de ansiedade!

5 Respostas to “No caminho certo”

  1. Noemi Amaro 22 de fevereiro de 2012 às 09:16 #

    ótima review! E acho que a mais rápida hein? Quentinha ^^

    • Giuliana Bianchini 22 de fevereiro de 2012 às 12:49 #

      HAHAHA Insônia tem suas vantagens!

  2. wagner 6 de março de 2012 às 00:33 #

    bem minha cara giuliana se vc olhar as traduçoes das musicas nem tanto.. pois esse episodio se trata do preconceito gay e das coisas q podemos fazer para vencer e a musica mais perfeita foi a fly\ i believe i can fly.. esse é só meu ponto sobre as musicas

  3. jessica luana 21 de março de 2012 às 19:26 #

    Oi eu amei este epi e eu amei as musicas e axei muito apropiadas ao tema. amei ver os pais da rachel muito hilarios. axei um otimo epi so to com raiva d parar asim. sabe qndo volta a pasar na fox do brasil pela sky? parabens vc falo muito bem

    • Giuliana Bianchini 22 de março de 2012 às 16:31 #

      Muito obrigada, Jessica!

      Glee retorna na Fox dos Estados Unidos no dia 10 de abril. Ainda não vi divulgação da data aqui no Brasil, mas acredito que não seja muito depois disso, pois ontem mesmo vi um comercial de divulgação do retorno.

      Se descobrir a data antes, te aviso por aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: