O que você perdeu em: The Office

13 fev

Eu sempre digo que seriado, ao chegar lá na quarta ou quinta temporada, vira novelão. Natural, né? As situações e conflitos possíveis acabam se esgotando – ainda mais em sitcoms, quando tudo acontece e se resolve em vinte minutos. O jeito é dar mais profundidade às histórias dos personagens e ver o que pode sair daí.

É o que tem acontecido em The Office. Desde a saída do ator Steve Carrell, personagens secundários têm ganhado mais destaque. É claro que o seu Michael Scott protagonizava cenas hilárias, mas alguns momentos eram tão absurdos que beiravam o nonsense, além de tirar espaço das subtramas. Agora, sem a (oni)presença do gerente paspalhão, a graça está, toda, no dia a dia dos funcionários da Dunder Mifflin Sabre. Dá até pra acreditar que se trata de um escritório de verdade, algo que não mais acontecia em temporadas anteriores.

E, como em todo novelão, os próximos capít…, digo, episódios reservam surpresas. Os interesses amorosos entre colegas de trabalho devem causar algum drama (novela, tô falando). Uma viagem de trabalho à Flórida também está prevista. Enfim, só não falo mais para não dar spoiler, mas acho que ainda vamos dar boas gargalhadas com este pessoal.

Uma resposta to “O que você perdeu em: The Office”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tallahassee « No último episódio - 17 de fevereiro de 2012

    […] talvez eu tenha falado cedo demais que a saída de Steve Carell deixou The Office menos nonsense. O episódio desta semana mostra isso […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: