Um brinde aos clichês do baile

12 maio

Série: Glee
Episódio: #20 – Prom Queen
Temporada: 2ª
Exibido em: 9/05/2011
Canal de Exibição: Fox
Spoilers: Sim
Estrelas:  4 em 5

Depois do sufoco da última semana, os fãs de Glee puderam, enfim, conferir o baile do ‘junior year’ do colégio McKinley High. Um dos episódios mais esperados da temporada, isso devido a um promo eletrizante, ‘Prom Queen’ foi quase um tributo a toda comédia romântica que trata desse momento tão importante do colegial americano. Dessa única noite saem futuras Miss Estados Unidos, ‘extreme makeovers’ da garota mais impopular da escola ou gravidez precoce daquela certinha nerds.

Dirigido por Eric Stoltz, que já fizera um excelente trabalho no episódio ‘Duets’, na última terça-feira acompanhamos os momentos finais da corrida desenfreada por três casais ao título de Rei e Rainha do Baile. São eles: Finn/Quinn, Lauren/Puck e Santana/Dave. Já os indignos da competição à coroa correram atrás do parceiro de dança. Mercedes não tinha um, mas por pouco tempo, já que um plano de Rachel garantiu um final feliz para a amiga. Enquanto isso, um antigo personagem retorna para abalar ainda mais o mundo de Rachel: Jesse St. James está de volta, pedindo perdão e arrasando em um dueto com sua ex-namorada de ‘Rolling in the deep’, da cantora Adele. E o Finn não vai ficou feliz com isso, ou seja, clima tenso.

Portanto, me acompanhem. Até agora temos drama pela coroa, disputa pela mocinha impopular e amizade solidária sem fim com a ida ao baile de Rachel, Mercedes e Sam. Vamos então para a neura com o modelito, afinal precisa ser impecável. E o vencedor de criatividade é Kurt e o ‘kilt’ feito sob medida para a ocasião. O modelo à la ‘coração valente’ foi uma boa sacada, mas admito que colocá-lo só para a história bullying do Blaine já começa a ficar meio absurdo e cansativo.

Pausa para um momento necessário: pedido de acompanhamento fofo e romântico. E que boa escolha e cena de Artie pedindo Brittany com ‘Isn’t she lovely’. E que legal ela ter dito não. Pobre Artie, mas alguém tem que ir de coração partido para ser influenciado a jogar bebida alcoólica no ponche do baile.

Pares acertados, vestidos e ternos prontos para brilhar e vamos para aquele momento da noite digno de ‘Ela é demais’. Fãs de Freddy Prinze Junior preparem-se PARA A CENA DA ESCADA. Inspirada em ‘Ela e demais’ e mais outros 400 filmes do gênero, ficou para Quinn a descida triunfal seguida de ‘Você é a garota mais linda que eu já vi na vida’. Ela estava linda mesmo, pena que a noite dela só piorou depois disso.

A festa começa ao som de ‘Friday’, da pop (???) Rebecca Black. Sei que quem não curte spoilers leu essa primeira frase duas vezes e torceu o nariz. Mas fique calmo, porque Artie, Puck e Sam deixaram a música ótima.

A festa avança, Rachel arrasa em ‘Jar of hearts’, apesar da música no meu entender ter sido mal escolhida para dançar agarradinho ou trocar olhares de ‘sinto sua falta’. Mas valeu para desencadear o momento tão esperado da noite: E NÃO ERA OS VENCEDORES DE REI E RAINHA DO BAILE, porque isso uma figurante já tinha estragado pra todo mundo algumas semanas atrás. Mas, eis que Finn, em um ataque de ciúmes parte para cima de Jesse e é um empurra-empurra só. Ou seja, a ‘loser’ ganhou a briga da noite, a miss perfeita e paranóica perdeu o namorado e a dignidade, e tem expulsão no dia do baile. Nem Freddy teria pensado e atuado tudo isso!

E calma que ainda vem embate por aí. Divulgação dos vencedores de rei e rainha do baile e: a figurante mereceu ser demitida! Corta para o banheiro, a garota popular está soltando saliva de raiva, a loser entra no banheiro para acalmá-la (porque a ‘garota rosa choque’ sempre tem bom coração) e….TOMA NA CARA! Será que Rachel revida? Não! Porque esse é um momento da lição de moral: o tapa dói, mas a loira perfeita é somente uma pseudo-psicótica insegura do futuro. Ela merece perdão!

Em outros locais da escola, duas cenas acontecem para mostrar que ser gay na formatura é normal. E ser rainha do baile gay também é, só que fingir que você não é gay pela coroa é falido. Apesar da brincadeira, essa cena ficou muito boa com o jogo de câmeras e efeito de edição.

A noite vai chegando ao fim, mas não sem a música perfeita para uma cena ‘vamos esquecer tudo e DANÇAR’, porque somos jovens, amigos e do coral. Ao som da MARAVILHOSA ‘Dancing Queen’, a galera tira fotos, dança e se diverte. Menos os briguentos ou o Mr.Schue que sumiu depois de 10 minutos de episódio.

Mesmo com vários elementos de roteiro que não me agradaram pela falta de criatividade ou loucura mesmo, ‘Prom Queen’ foi um dos melhores episódios da segunda temporada de Glee. Se não teve a melhor lista de músicas, está com certeza no top 3. Tivemos bons diálogos, um cenário bonito e um figurino bem bacana também. Não espere por surpresas, porque a ideia do episódio não é essa, assim como a série está provando que não tem esse objetivo mesmo. Mas fique ansioso por emoções e suspiros, porque o baile do colegial americano causa isso na gente!

OBS: Se você não sabe quem é Freddy Prinze Junior, te desprezo pela sua juventude!

**Ao som de ‘For Good’, do musical Wicked. Dueto entre Kurt e Rachel no episódio das Nationals**

2 Respostas to “Um brinde aos clichês do baile”

  1. Karla K. 16 de maio de 2011 às 15:22 #

    Simplesmente perfeita esta review!!!! E , sim, eu sei que ´´e o Freddie pq assisti a “Ela é demais” umas duzentas vezes!

    • Giuliana Bianchini 17 de maio de 2011 às 01:42 #

      Karla,

      Obrigada pelo comments…

      E que alívio por você conhecer o Freddy!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: