Professor Bennett Ahmed; na casa dele; com o livro

5 maio

Série: The Killing
Episódio: #6 – What you have left
Temporada: 1ª
Exibido em: 01/05/2011
Canal de Exibição: AMC
Spoilers: Sim
Estrelas:  4 em 5

Desde adolescente sempre gostei muito do jogo Detetive. Admito a minha competitividade e arrogância, e o jogo sempre supriu minha vontade de desvendar mistérios e ganhar (por que não?). Igualmente intrigante e inteligente está ‘The Killing’, após um episódio fraco, ‘What you have left’ foi ao ar para colocar dúvida naquele palpite precipitado que você tinha e só estava esperando a sua rodada para compartilhar. Era simples: professor pedófilo, na casa dele e com uma arma difícil de indicar, já que Rosie Larsen morreu afogada no porta-malas do carro.  

Apostar na simplicidade em uma investigação com tantos detalhes ainda obscuros teria custado a qualquer um a vitória no jogo. E conforme os minutos correm, descobrimos que ainda não sabemos de nada. É melhor jogar o dado mais algumas vezes e esperar por novas pistas.

Outra pessoa que se deu mal com a suspeita de Bennett foi o candidato à prefeitura Darren Richmond. Minutos antes de lançar seu vídeo propaganda que usa o professor como líder e aliado na sua campanha ‘anti-gangues’, já que o membro do corpo docente atua em uma ação do gênero, Darren descobre o envolvimento de seu personagem no caso Rosie Larsen.  Decidindo optar pelo ‘inocente até que se prove o contrário’, o candidato vai se ferrar bonito por tentar agir de forma decente. E chega a ser engraçada a abordagem da série da honestidade e bom coração do Darren, que ainda não me convenceu com todos esses atos angelicais. Ou a morte da mulher dele foi uma epifania e ele era um desgraçado que passou por uma reforma moral, ou ainda veremos quão desonesto e corrupto ele pode ser. É impossível acreditar no ‘bom moço’, culpo minha história política.

O nome desse episódio, na verdade, faz menção a um momento muito delicado para a família de Rosie, seu funeral. Uma cena muito triste, e ao mesmo tempo tão emocionante, já que é o exato momento que Stanley Rosie – o pai – descobre que o professor Bennett é o principal suspeito na morte de sua família. E sou só eu, ou não dá para confiar muito naquele amigo de Stanley? O cara é super estranho. Culpo minhas suspeitas bizarras na quantidade de séries e livros que me provaram que você tem que ser paranóico, porque até seu marido pode ser um serial killer.

E enquanto o jogo político e o funeral acontecem Linden e Holder investigam o principal suspeito conversando com vizinhos, para descobrirem que ele pode não ser o suspeito principal. E que tudo pode se tratar de uma mulher traída com hormônios de gravidez correndo pelas veias. Ou seja: esposa grávida do professor no quarto do futuro bebê com a mamadeira?

Ao passo que chegam nessa conclusão, Holder decide compartilhar com a chefe que descobriu que Stanley Larsen já fez parte de uma máfia e é suspeito de ter ‘sumido’ com pessoas que poderiam incriminá-lo. E, meu Deus, o professor e o pai da vítima estão compartilhando o mesmo ar no funeral de Rosie. E eles partem para o funeral, só para descobrir que o pai de Rosie foi dar uma carona para BENNETT!

Ainda é difícil imaginar quantos suspeitos ainda vamos conhecer. O único palpite seguro dessa semana é quanto ao futuro do professor caso Linden e Holder não o encontrem a tempo. E eu aposto em: pai da vítima morta em um terreno baldio com os punhos e pés.

Para finalizar, comento que Linden deve alguns milhões de dólares ao filho. A detetive não pegou o avião rumo à nova vida, e acho que ainda vai demorar um tempo até conseguir se desvencilhar do caso…

** Ao som de ‘Another Day’, do musical Rent**

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: