O início do inverno

26 abr

Série: Game of Thrones
Episódio: #01 – Winter is coming
Temporada:
Canal de Exibição: HBO
Spoilers: Não
Estrelas: 4 em 5

Após uma longa e ansiosa espera, enfim foi lançado o primeiro capítulo de Guerra dos Tronos, a nova série da HBO.

A série épica é inspirada na coleção de livros As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin. Nos EUA, o quinto livro da coleção, A Dance With Dragons, é esperado para o dia 12 de Julho. Aqui no Brasil, acaba de ser lançado em português o segundo livro, A Fúria dos Reis, atual leitura desta que vos escreve.

Em resumo, a história de Guerra dos Tronos se passa em Westeros, uma terra da Europa Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. Westeros experimentou um verão de dez anos, agora os tempos estão mudando, e “o Inverno está chegando”. É assim que tem inicio o primeiro episódio.

Uma das terras de Westeros é Winterfell, situada ao sul do território e comandada por Lord Eddard Stark, da casa Stark. Dizem as lendas que ao norte vivem os Outros, um povo selvagem. Para isolá-los foi construída a Grande Muralha, que é guardada pelos guerreiros de negro. Neste primeiro episódio vemos que após muito tempo, os outros estão voltando. No entanto, o mensageiro é dado por louco e decapitado por ter fugido.

Há muitas outras cenas espetaculares neste episódio: os lobos sendo achados pelos filhos de Stark, Daenerys conhecendo Khal Drogo pela primeira vez, Arya já dando o ar de sua graça e Ben caindo do castelo, entre muitas outras. Todas as cenas que se tornarão importantes para o desenrolar da série estão neste primeiro capitulo.

A minha opinião como leitora de George R.R. Martin é bastante satisfatória. A série é uma das melhores que vi nesses tempos em relação à ambientação, ficando bem a frente de Camelot e Pilares da Terra. A história é exatamente a mesma do livro, me deixando pasma com alguns detalhes que estão sendo seguidos a risca. No entanto, ao mesmo tempo em que aprecio a fidelidade, temo não me surpreender com nada que aconteça no decorrer da série. Veremos com o andar da carruagem.

Para quem ainda não se interessou por Guerra dos Tronos, ou não gosta de séries épicas, atente-se a um detalhe: os personagens. Só George Martin é capaz de criar personagens tão reais. Ninguém é herói ou vilão, o mundo não é preto e branco, nem tudo é só tristeza ou só alegria. Os personagens se tornam reais e você passa a amá-los e odiá-los ao mesmo tempo. São defeitos e qualidade que se misturam em um mundo em que não há só bondade ou maldade, um mundo que é quase real.

Ao fim do episódio, fechei sorrindo um capítulo do livro.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: