Quem quer ser…sexy?

9 mar

Série: Glee
Episódio: #15 – Sexy
Temporada:
Exibido em: 08/03/2011
Canal de Exibição: Fox
Spoilers: Sim


Anteriormente em Glee, eles fizeram um episódio inteiro para mostrar aos adolescentes que o goró mata, ou que causa heterossexualidade momentânea. No dessa semana, vai ensinar que sexo resulta em bebês, herpes ou em confissões de homossexualidade. Ainda não entendeu? Eu vou tentar explicar melhor, então.

A convidada especial Gwyneth Paltrow, ou professora substituta Holly Holiday, está de volta ao Maclinley High como educadora sexual. O papel de Paltrow foi tão elogiado e curtido pelos fãs, que chamaram ela de volta com ainda mais músicas para cantar – vale lembrar que este também é um momento decisivo na vida da atriz (e esposa do vocalista do Coldplay), já que ela está fechando detalhes para seu primeiro CD. Conveniente, certo?

Mas o que Holly Holliday foi fazer na escola, além de disputar o cumprimento das saias com a Rachel? Ensinar a galere a usar camisinha e criar mais um triângulo amoroso, dessa vez envolvendo a loira, Mr. Schue e Emma. É então que descobrimos que o professor de espanhol está afim de um novo relacionamento, Holly tem problemas em sair com caras para mais que sexo e Emma ainda não consumou seu casamento – isso porque faz quatro meses que ela está com o dentista Carl, mais conhecido por todos como tio Jesse da série ‘Três é demais’!

Mas apressei alguns passos, vamos tornar a história um pouco mais linear. O episódio começa com uma novidade: Emma é a nova presidente (ou presidenta, né Dilma?) do clube do celibato. As duas membros são: Quinn e Rachel. Está última que ainda tenta de todas as formas descobrir qual é o relacionamento da ex-cheerio com seu ex-namorado Finn. Depois vemos a chegada de Holly, um clima tenso na sala dos professores entre o trio amoroso, e uma cena muito engraçada da educadora ensinando uma sala a colocar camisinha, usando um pepino como instrumento. E se não bastasse o uso indevido do vegetal, Holly ainda faz um acordo com Mr. Schuester para instruir melhor o glee club em sexo, no que resulta em uma versão sensual de ‘Do you wanna touch me’, seguida de duas lições de moral sobre parceiros e parceiros sexuais do seu parceiro. (Dê olho na cara da Brittany!É hilária)

Próximas cenas, e Santana e Brittany estão no quarto tendo um momento ‘melhores amigas’. É então que a loira tapada (no sentido carinhoso) resolve conversar com a amiga colorida (?) sobre o que rola entre elas. Santana assume a pose ‘bitch’ e desconversa, mas lá estão elas nos próximos minutos conversando com a Holly. E mais à frente cantando Landslide para revelar seus ‘verdadeiros’ sentimentos. Santana chora, a Brittany se emociona. Mas, ainda sem conclusão do relacionamento.

Imagem do auditório, e Emma que estava morrendo de ciúmes ganha uma chance de se apresentar com o clube do celebato + Carl. Recordo aqui que o clube agora também tem Puck como membro, que resolveu se tornar ‘mais puro’ depois de uma tentativa cômica de emplacar uma sex tape com Lauren. De volta ao auditório e ao som de Afternoon Delight, que Emma acredita se tratar de uma sobremesa, ela e o resto do grupo faz a performance mais chata e boring do episódio.

Mas isso ainda não é o mais interessante de ‘Sexy’. Por que em um outro lugar qualquer Sue Sylvester está cantando a bola do tema ‘sexy’ para os Warblers Kurt e Blaine. Eles resolvem entrar na onda, e convidam um monte de meninas para assistirem uma apresentação deles. A música é chata e a apresentação só vale pelas caras e bocas sexies de Kurt, que são um HORROR de engraçadas. Essa história toda termina com a conversa mais franca e necessária que já foi escrita para Glee. E mais uma vez coube a Burt e Kurt, pai e filho, desempenhá-la. Falar sobre sexo e garotas com o seu filho deve ser difícil, falar sobre sexo e garotos com o seu filho gay de 16 anos é desafiador. E com um diálogo necessário para qualquer adolescente assanhadinho ou virgem prestar atenção, foram alguns minutos bonitos e honestos em Glee, dignos de 5 estrelas, apesar deu classificar o episódio em 4.

E vamos encerrar, porque você também precisa assistir o episódio. Temos 4 decisões românticas nos últimos 5 minutos do episódio. Então se prepare e, se você não quer saber, pare de ler agora!

Santana finalmente admite que ama Britanny, mas leva um pé na bunda porque a cheerio loira ainda ama o Artie, e não vai terminar com ele (a conversa e cena foram bonitas, mas eu acho esse um casal totalmente desnecessário em Glee). Lauren e Puck se resolvem e são um casal. Quinn e Finn estão juntos, até mesmo no sentido bíblico (apesar dela continuar no clube do celibato, na verdade ela está tentando vaga em Pretty Little Liars com toda essa vida dupla e mentirosa). Mr. Schue e Holly foram atingidos pelo clima do tango e estão enamorados, mesmo com a educadora indo para outra escola. Ou seja, tem mais Gwyneth por vir.

Resumindo, um ótimo episódio, não foi excelente porque as músicas, apesar de boas, não empolgaram muito.

Próxima semana: Regionals. As músicas originais, P!nk e uma morte, que anda gerando discussões no fórum.

**ao som de Love the way you lie, Rihanna e Eminem**

3 Respostas to “Quem quer ser…sexy?”

  1. Rodrigo 9 de março de 2011 às 21:28 #

    Olha, giu… Kurt está começando a merecer uma série só dele, pq né? Vamos combinar. O drama do mundo é ser gay! E a cena com o pai como você mesma disse é de fato um dos pontos altos do último episódio. Fiquei frustrado com a resolução inesperada da Emma não consumar o casamento. O público tem memória!!! E o tal dentista tinha trazido progresso nesse TOC dela, WTF! Quer dizer que eles casam em LAS VEGAS, o que pressupõe que estavam loucos de pedra, mas não transaram ainda?

  2. Giuliana Bianchini 10 de março de 2011 às 12:21 #

    Rô,

    Não sei se uma série só dele, mas fez que ele está excelente nessa temporada, está! Só falta cantar um pouco mais.

    Também achei besta esse lance da Emma, até esqueci de comentar. A parte do ‘Afternoon Delight’, apesar de engraçadinha, foi boring e totalmente irreal tbém.

    Mas ADOREI a parte da Holly olhando no olho dela e perguntando “Você ainda ama o Will?”. ANIMAL!

  3. Noemi Amaro 12 de março de 2011 às 04:23 #

    Play em glee ^^

    A Emma tem probleminha ¬¬’ qtos anos ela tem mesmo? nada a ver o lance dela ser virgem..wtf?

    Qdo vejo a Gwyneth só lembro/penso em uma coisa: CHRIS MARTIN, CHRIS MARTIN…ela é uma das poucas loiras que eu acho bonita =) e canta razoavelmente bem, ao ver hehe

    A Zizes tá lá só pra ser mais uma garota diferente? ainda não a entendi…

    Eu ri com a apresentação ‘sexy’ dos Warblers, mas serviu pra matar um pouco a saudade de ouvir meu divo Kurt cantando.

    Pra mim o epi foi ok até a cena Fuinn, sou Finchel obviamente e isso me deixou com um tanto de raiva.

    O epi foi bonzinho..hehe
    Valeu pela lição do Burt ao filho e a esperança de consertar a vida pessoal do Will.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: