Bieber?

16 fev

Preconceito é uma coisa preocupante. Ele cria a impossibilidade de conhecer coisas novas, ou de se empolgar por algo considerável ‘péssimo’. Por isso, a primeira vez que ouvi o rumor de Justin Bieber em Glee, nem me importei com a história do episódio, só pensei ‘Deus, será sofrível’. 

Algumas semanas depois, e chega ‘Comeback’.  Um episódio ponte entre o especial de Dia dos Namorados e o tão maluco “Blame it on the Alcohol”. Expectativas baixas, não só por motivos pessoais e imaturos, mas porque na lista de músicas constavam duas adaptações do loiro teen da franja modelada. E ainda por cima cantadas pelo personagem mais sem graça da temporada, o bocudo Sam.

Acredito que os criadores da série quiseram acabar logo com o suspense de quão absurdo seria toda a ‘Bieber fever’ e no começo já temos uma performance dançante de ‘Baby’. E, absurdo!!!, você dança na cadeira e vergonhosamente acompanha alguns ‘Baby Baby Baby ohhh’.  Ponto para o Ryan Murphy. Não foi um caos.

Apesar de toda a introdução Justin, esse não foi o clímax dessa semana. O momento mais interessante de todo o episódio ficou por conta do novo membro do ND, Lauren Zizes, que junto com Puck, tem dado um respiro em todo drama Rachel/Finn/Quinn/Mr. Schuester/Emma, etc. A ‘gordinha lutadora’ rouba a cena em uma encenação sexy, cômica e absurda de ‘I know what boys like’.

Além disso, ainda há uma participação inesperada no coral e um dueto inesquecível de Rachel e Mercedes, cantando ‘Take me or leave me’ do musical Rent. Para encerrar, ‘Sing’ do My Chemical Romance ficou muito bem adaptado e porque não ousar dizer que esse é um grande candidato a ‘hino’ da segunda temporada de Glee.

Por fim, um episódio bom que dá continuidade aos sofrimentos e expectativas da segunda temporada. Desafiador para os roteiristas agradarem os fãs que vêm acompanhando toda a saga Kurt, pois ele não aparece nem por alguns instantes. E, sem ofensa, não fez muita falta. Foi até bom não ter a equipe de ‘rouxinóis’ cantarolando por aí.

Esse não vai para a categoria de excelente, pois você sabe que não é digno quando a promo do próximo episódio gera mais comentários e expectativa. E tenho muita certeza de que será um ‘prazer’ escrever sobre ‘Blame it on the alcohol’.

*escutando ‘Mine’, da Taylor Swift, cotada para Glee*

3 Respostas to “Bieber?”

  1. Rodrigo Sampaio 16 de fevereiro de 2011 às 13:57 #

    Oooooo ô uou ooooo ô uou… I Know you love, I know you do…

  2. Giuliana Bianchini 16 de fevereiro de 2011 às 14:14 #

    Gente,

    Esqueci de comentar o ‘Comeback’, nome do episódio. Ele diz respeito à tentativa da Rachel de ‘dar a volta por cima’, querendo entrar para a elite do colégio. Ao fato do Mr. Schue tbém acreditar que já está bem ‘over’ do problema Terry e da queda pela Emma! E a Sue, voltando às raízes malignas para destruir o ND.

  3. Noemí Amaro 19 de fevereiro de 2011 às 23:44 #

    Aeeee..voltando a comentar no blogui *–*

    Enfim o Sam encontrou algo que combine com ele..caiu como uma luva o Bieber. Ficou mto boa a apresentação dos meninos ^^

    O Finn tá tão besta..aff.

    Rachel é Mercedes é fofooo d++.

    Pára tudo!!! O que foi a Sue no ND? Surpresos? mas AMEI, bom demais xD Adorei sério!!! Sing pra lista das melhores músicas da 2ª temporada!

    #confesso que adooorei o fora do Sam na Quinn, merecidooo!!! (nuossa, tô usando mta exclamação..haha)

    Meeeu, a ideia da Rachel foi ótema! cadê o apoio do Will nessas horas? que dorgaas..

    Não sei se odeio ou aplaudo a atitude do Finn no final…responderei alguns epis á frente. ai ai

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: