Pequena sensação adolescente

12 nov

"I'm still here, bitches. And I know everything." -A

A próxima série favorita dos teenagers já tem nome e já estreeou: se chama Pretty Little Liars. A série já tem 11 episódios – seu retorno, infelizmente, está previsto apenas para janeiro, numa estratégia parecida utilizada em Glee – e promete (ressalto que, promete para os adolescentes e apreciadores de séries do tipo). A série é dita como uma mistura de Gossip Girl com o filme Eu sei o que vocês fizeram no verão passado e um pouco de Desperate Housewives (WTF?). Parece loucura, mas faz todo o sentido.

Inspirada numa série de livros homônima, Pretty Little Liars inicia apresentando-nos a cinco amigas sapecas, bebendo escondidas e compartilhando segredinhos. Bêbadas, elas capotam no sono e percebem que uma delas – tremerei ao ouvir esse nome – Alison, está desaparecida. Ela é dada como morta e a série pula para um ano depois, onde as quatro amigas que restaram já não são mais próximas assim: agora todas guardam segredos que podem denegrir suas imagens para sempre (“para sempre” tem um peso enorme quando se tem 16 anos, não?).

Os segredos? Uma das garotas tem um caso com um professor da escola, a outra é cleptomaníca, a terceira está se descobrindo lésbica, a quarta e última está afim do noivo da irmã. Que adolescência comum, não? Mas espere: de repente, as quatro amigas começam a receber mensagens via celular, email e até através do velho papel dobrado no armário. De quem são as mensagens? Ora, ora! Da garota desaparecida há um ano! Alison está de volta e, infelizmente para as quatro ex-novas-amigas, ela parece saber de tudo. Pior: ameça a todas com a possibilidade de trazer a verdade à tona. Lembre-se que, em Pretty Little Liars, quanto menos você souber, melhor para você.

Muito mistério (sobretudo com o final do primeiro episódio, que envolve uma garota cega – pelo visto, Alison também tem seu segredinho), ótima trilha sonora (nem imaginam como eu fiquei quando percebi que a música de entrada é Secret, das meninas do The Pierces e que um dos episódios encerra com a bonita Rachel Diggs), intrigas (elaboradas demais para um drama adolescente, vocês nem imaginam!) e, quer saber?, um elenco até que regular (seja ele adulto ou adolescente – reparem que até uma das irmãs de Charmed está por lá).

Pretty Little Liars: tá afim de se sentir realmente assediado e com a ilusão de ter problemas que tinha aos 15 ou 16 anos – e fazer isso com uma série pelo menos agradável? Então corra pra assistir.

Uma resposta to “Pequena sensação adolescente”

  1. Ana Claudia Blanco Liuti 24 de maio de 2015 às 09:43 #

    Não intendi

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: