10 centavos que rendem…

20 out

Essa semana durante o episódio Unplanned Parenhood, House mostrou mais uma vez que é capaz de segurar a audiência da Fox às segundas-feiras. O episódio que contou com uma história simples, foi tocante e bem dirigido. Entrou para a minha lista de favoritos. O enredo também confirma a minha teoria da ligação entre os casos pegos pelo nefrologista e o densenrolar da vida social do doutor. Dividido entre salvar a vida de um bebê de poucos dias com problemas respiratórios e ficar de babá da filhinha de 2 anos da Cuddy, House passou momentos tensos de pseudo-pai preocupado e médico intrigado. No final, não dá para dizer o que foi mais emocionante no episódio, um primeiro elo com a criança Rachel ou a excelente e misteriosa história do bebê.

Outra coisa interessante foi a sensação durante o tempo todo que eu conhecia a atriz que fazia a mãe do bebê. Depois de uma rápida olhadela na internet imaginem a minha surpresa por ler que é Jennifer Grey, eterna estrela de Dirty Dancing. Que está ótima no participação, por sinal.

O desfecho foi de cair algumas lágrimas, mesmo que a última cena cause boas risadas. O padrasto continua um bastardo, mas um bastardo errado de vez em quando. No geral, foram 44 minutos divertidos, com nada diferente, mas a simplicidade foi tão deliciosa que foi aprovado pelo selo de qualidade.

**ao som de Fast Car, Tracy Chapman**

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: