Mudamos!

24 abr

Agora você nos encontra no:

http://noultimoepisodio.com.br

A gente se vê lá!

Os fracos não têm vez

24 abr

Série: The Good Wife
Episódio: #20 – Pants on Fire
Temporada: 
Canal de Exibição: CBS
Spoilers: Sim
Estrelas:  5 em 5 e mais um sorriso: =)

O que dizer do melhor episódio da terceira temporada até agora? Em The Good Wife, os fracos não têm vez.

Pants on Fire traz tantas novidades que me deixaram zonza. Os fãs foram justamente recompensados após o hiatus da série. Drama, jogos políticos e um ótimo caso no júri fazem parte do enredo do 20º episódio da série.

Tudo começa exatamente de onde parou, Alicia se encontrando com a sogra, Jackie, para impedi-la de comprar a casa em que morou com Peter e as crianças. Em uma cena célebre, ela declara que fará Jackie reverter a decisão, pois “Sou advogada. Você verá”. A evolução de Alicia é notável na série, de vítima à … advogada.

No desenrolar do episódio, Alicia se aproxima de Peter, alegando que o ex-marido precisa impedir a mãe de comprar a casa. E é isto o que acontece, de modo incisivo Peter ameaça a mãe para que ela desista da idéia. No entanto, o plano quase perfeito é frustrado quando Jackie tem um infarto e vai para o hospital. A primeira a saber da internação é justamente Alicia, e Jackie faz questão de ‘perdoá-la’ antes do filho se arrepender de tê-la tratado daquele modo. Genial!

Drama: confere. Próximo tópico: jogos políticos.

O novo malvado-preferido  Mike/Matthew Perry (e ainda mais intragável que Childs) reaparece neste episódio para o shock valeu da temporada. Peter ganhou um adversário na corrida para Governador. Mike lança sua candidatura em meio a mentiras que atingem Alicia. Esta, bem das espertas e com um sorrateiro sentimento de vingança, decide apoiar o ex-marido. O quadro está pronto. Na última cena do episódio estão lá Peter e Alicia, juntos, no lançamento da candidatura do procurador do Estado para Governador. Genial!

Terceiro e último ponto: um ótimo caso no júri.

Após cinco anos presas, acusadas de matar uma colega em um acampamento, três garotas têm a chance de serem soltas porque foi descoberto um problema no laboratório que analisou o DNA das moças. A procuradoria oferece um ‘acordo de culpa’, ou seja, elas assumem a culpa e são soltas pois se considera que a punição já foi cumprida, ou aguardam a verificação de provas para reabrir o caso, investigá-lo novamente e comprovar que tudo não passou de um erro. Nessa, elas recebem indenização de $10 milhões.

Kalinda vai, Kalinda vem, descobre-se que apenas uma das meninas é culpada. O final disso tudo é um diálogo incrível entre Diane, Alicia e a advogada da garota culpada. Genial!

E chega, até o próximo!

Saia do meu trem

23 abr

Série: Supernatural
Episódio: #19 – Of Grave Importance
Temporada: 7ª
Exibido em: 20/04/2012
Canal de Exibição: CW
Spoilers: Sim
Estrelas:  Cuma? em 5

"Aprendi com Guilherme Fontes e Patrick Swayze"

Ao atingirmos o 19° episódio da sétima temporada de Supernatural a única coisa que eu realmente desejo é que minha tormenta tenha fim. A trama está capenga, os personagem nunca estiveram tão ruins e a história nunca foi tão mal contada.

Agora, numa twist louca que envolve o filme Ghost (Get Off My Train!! ) e personagens nunca vistos antes, mas que fazem parte da rotina de todos os personagens, transando com boa parte do elenco, eu só concluo que meu senso de direção está comprometido nesta delicia. Mal sei o que escrever.

Aliás, sei sim:

Sabe quando você acorda com aquela péssima sensação de que na noite anterior rolou só uma meia foda? Pois esta é a sensação que eu venho tendo ao final de cada episódio.

Continuar lendo

Maratona especial de Smash no Universal Channel

23 abr

No dia 6 de maio, os fãs de Smash poderão desfrutar de uma maratona dos seis primeiros episódios da série a partir das 19h no Universal Channel.

O musical, que já garantiu a segunda temporada, mostra os bastidores de um espetáculo da Broadway sobre a vida do ícone Marilyn Monroe. Centrada na disputa de duas atrizes pelo papel principal, a série traz músicas originais e bons covers, além dos cenários, dramas e participações dignos de grandes produções.

Continuar lendo

Chorando sangue…

23 abr

Série: House
Episódio: #17 – We Need The Eggs
Temporada: 8ª
Exibido em: 16/04/2012
Canal de Exibição: Fox
Spoilers: Sim
Estrelas: 1,5 em 5 (só pela falta de vergonha na cara)

Estava envergonhada pelo meu atraso na review de House, só que após assistir “We need the eggs”, percebi que se os caras não estão levando nada a sério, por que eu deveria?

Faltando poucos episódios para o final da temporada, House peca mais uma vez em forçar um caso ao máximo do absurdo para que ele acompanhe a cabeça maluca do médico ranzinza.

Continuar lendo

A verdade seja dita

23 abr

Série: Smash
Episódio: #11 – “The Movie Star”
Temporada: 1ª
Exibido em: 16/04/2012
Canal de Exibição: NBC
Spoilers: Sim
Estrelas: 4 em 5

A competição para o papel de Marilyn Monroe aparentemente acabou desde a entrada da estrela de cinema Rebecca Duval no projeto. Com o fim temporário dessa disputa, outras entram em evidência, como quem é o personagem mais chato e desnecessário da série. Está difícil de decidir entre o filho da Julia e Dev, o namorado de Karen.

The Movie Star tinha tudo para ser mais um episódio morno, porém Uma Thurman provou a grande atriz que é e arrasou como a diva cinematográfica Rebecca. É precoce escolher entre amá-la ou odiá-la, mas algo me diz que mesmo insuportável e errada para o papel, vai ser incrível acompanhar os próximos episódios com ela. Diferente de Ellis, pseudo-vilão nojento e chato. Só que as máscaras começam a cair Smash. Finalmente!

Continuar lendo

As belezas d’outro mundo

22 abr

Série: Game of Thrones
Episódio: #4 – Garden of Bones
Temporada: 2ª
Canal de Exibição: HBO
Spoilers: Sim
Estrelas: 4 em 5

Admito que me decepcionei no terceiro episódio de Guerra dos Tronos pela falta de Daenerys e seu Khalasar. Acho essa trama da série uma das melhores e mais belas em relação às paisagens e caracterização. Enfim, o quarto episódio, além de trazê-la de volta ao enredo, teve cenas mais objetivas, que dão mais ritmo à série.

Continuar lendo